2a. Olimpíada Luca Pacioli

Um ano após o sucesso da primeira edição, a Olimpíada Lucca Pacioli está de volta. O evento é voltado à integração da Classe Contábil utilizando o esporte como instrumento social de transformação. Podem participar profissionais de contabilidade e acadêmicos de Ciências Contábeis, além de funcionários de escritórios contábeis, desde que estejam representando instituições e seus cursos de Ciências Contábeis ou escritórios de contabilidade, tendo como líder do time o responsável legal da referida instituição. 

As modalidades para essa edição são: Xadrez, Dominó, Futsal, Voleibol, Queimada e Gincana incluindo a escolha da Garota Lucca Pacioli. INSCREVA-SE:

  • QUERO INSCREVER A MINHA EQUIPE NAS COMPETIÇÕES (Envie a inscrição da equipe de sua instituição preenchendo o FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Informe apenas o nome do responsável pela equipe  (Gestor da empresa ou Coordenador do curso de contabilidade da IES). Os nomes dos competidores de cada categoria devem ser enviados por e-mail (desenprof@crcam.org.br), conforme o regulamento de cada modalidade. 

CAPÍTULO I
DA FINALIDADE

Art. 1º. A 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 têm por finalidade mobilizar e estimular aos profissionais de contabilidade e acadêmicos para a prática esportiva e educacional, utilizando o esporte como instrumento social e de transformação.

DOS OBJETIVOS
Art. 2º. 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI têm por objetivo:
1. Fomentar a prática do esporte com fins educativos;
2. Contribuir para o desenvolvimento social, autônomo e democrático, estimulando o pleno exercício da cidadania e da amizade por meio do esporte;
3. Possibilitar a identificação de talentos desportivos na Organização.

CAPÍTULO II
DA REALIZAÇÃO E RESPONSABILIDADES

Art. 3º. 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 poderão participar profissionais de contabilidade e acadêmicos de Ciências Contábeis.

Parágrafo Único. Em caso de funcionários de escritórios contábeis e acadêmicos de outras áreas poderão participar desde que os mesmo representem as instituições do curso de Ciências Contábeis ou escritórios de contabilidade tento como líder do time o responsável legal.

Art. 4º. 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 é um evento esportivo e cultural, com realização da Comissão Jovens Lideranças Contábeis e apoio Conselho Regional de Contabilidade.

DOS PODERES

Art. 5º. São poderes da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017:
a) Comissão Jovens Lideranças Contábeis – CJLC;

Art. 6º. A CJLC da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 será composta por uma equipe que obedecerá a seguinte divisão: Coordenações-Geral, e Coordenações Técnicas, por modalidade.

CAPÍTULO III
DAS DATAS E SEDES DOS EVENTOS

Art. 7º. A 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 será realizada no período de 21 e 22 de Outubro de 2017.

Art. 8º. A sede dos jogos será na Vila Olimpíada – Endereço: Avenida Pedro Teixeira, 400 – D. Pedro – Amazonas – AM, CEP 69040-000.

DA ABERTURA
Art. 9º. A Abertura da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 será realizada no dia 21 e 22 de Outubro de 2017, às 8:30h, na SEDE, situada na Avenida Pedro Teixeira, 400 – D. Pedro – Amazonas – AM, CEP 69040-000.

Art. 10º. A participação na Abertura é obrigatória para todas as Equipes da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 e Seus Lideres, inscritas no evento.

Art. 11º. As Equipes deverão comparecer à cerimônia de Abertura com, pelo menos, 30’ (trinta minutos) de antecedência do horário previsto para o início e devidamente uniformizadas.

DOS UNIFORMES
Art. 12º. Cada equipe ou atleta das Equipes inscritas na da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 deverá se apresentar nos locais de competição, devidamente uniformizados, conforme especificações dos Regulamentos Geral e Específico e as Regras Oficiais de cada modalidade esportiva.

Art. 13º. Cada Equipe deverá ter seu Uniforme (camisa).

DAS MODALIDADES ESPORTIVAS
Art. 14º. As modalidades que serão disputadas na 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 serão as seguintes:

Modalidade Individuais:
- Xadrez

Modalidade em Dupla:
- Dominó

Modalidades Coletivas:
1. Futsal
2. Voleibol
3. Queimada
4. Gincana

Art. 15º. Qualquer jogo ou prova que venha a ser suspenso ou transferido por motivo de força maior ou por decisão soberana e irrecorrível da Coordenação Geral obedecerá ao estabelecido pelas Regras de cada modalidade e Regulamento Específico.

CAPÍTULO IV
DA COMPOSIÇÃO DAS DELEGAÇÕES

Art. 16º. A Delegação de cada EQUIPE participante da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 será composta por

1 Líder
e demais atletas

Modalidade Quantidade de Pessoas
Xadrez 02
Dominó 04
Futsal 10
Voleibol 10
Gincana 10
Queimada 10


 
Parágrafo Primeiro – Nas modalidades onde o número de participantes são restritos a quantidades, as escolhas serão por determinação das equipes.
Parágrafo Segundo – Por se tratar de equipes mistas, para as competições coletivas onde não envolvam todos os componentes, deverá permanecer mista, para que não haja desigualdade de força física.
Parágrafo Terceiro – Poderá haver revezamento de atletas nas modalidades Futebol, Voleibol e Queimada, obedecendo ao regulamento estabelecido para cada modalidade.

DO SISTEMA DE COMPETIÇÃO

Art. 17º. O sistema de competição das modalidades individuais e coletivas obedecerá às determinações do Regulamento Geral e será divulgado na Reunião Técnica da modalidade.

Art. 18º. As modalidades coletivas serão organizadas em Eliminatórias Simples.

DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
Art. 19º. O sistema de pontuação para cada modalidade será o estabelecido nos respectivos Regulamentos Específicos.

Art. 20º. A classificação final geral da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 será das colocações de todas as modalidades e obedecerá a seguinte pontuação:

1ª Colocação 10 pontos
2ª Colocação 08 pontos
 3ª Colocação 06 pontos

 
CAPÍTULO V
DA PREMIAÇÃO

Art. 21º. Serão concedidos os seguintes prêmios aos participantes da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017:

- Troféu para as Equipes classificadas em 1º, 2º e 3º lugares na classificação final geral da Categoria de acordo com a somatória dos pontos;
- Medalhas para os Atletas que se destacaram individualmente classificados em 1º, 2º e 3º lugares na classificação final geral, conforme critérios adotados pelo CJLC.
- Diploma a todos os atletas participantes.

Parágrafo Primeiro – A cerimônia de premiação ocorrerá imediatamente após a realização das competições finais de cada modalidade.

Parágrafo Segundo – A cerimônia de premiação final das Equipes Administrativas (LÍDERES) vencedores da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 será realizada na sede no último dia de competição.

DA PARTICIPAÇÃO

Art. 22º. 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017, terá a participação das Equipes a seguir especificadas:
1. Voleibol
2. Futsal
3. Queimada
4. Gincana

CAPÍTULO VI
DAS SANÇÕES

Art. 23º. Todos os participantes, atletas e demais membros das Equipes da III 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 deverão primar por desenvolver o espírito de confraternização, esportividade e o bem-estar dos envolvidos, dessa forma, não haverá sanção disciplinar.

DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 24º. A CJLC da 2ª OLIMPÍADA LUCA PACIOLI 2017 se dispõe a fornecer condições para que os atletas tenham melhor desempenho individual e coletivo, dipor de toda a estrutura necessária.

Parágrafo único: Será de responsabilidade da CJLC também, a fiscalização, a disciplina, a promoção dos meios necessários para que sejam alcançados os objetivos previsto neste regulamento.

Cronograma

Sábado 21/10/2017:
Abertura
1. Acendimento da Pira Olímpica;
3. Apresentação das bandeiras pelas equipes participantes;
4. Hino Nacional;
5. Apresentação;
7. Palavra da Organização (Presidente)
8. Início dos jogos.

Inicio dos Jogos:
- Domino e Damas (simultaneamente)
- Volei e Futsal (simultaneamente)

Domingo 22/10/2017:
Das 09h00min às 13h00min
- Gincana e Queimada

Encerramento: Apuração de Resultados e Premiações.

1. Sorteio:
- Os confrontos serão definido através de sorteio e relacionados no chaveamento da competição;
- A ordem de disputa será de acordo com a ordem de retira no sorteio.

2. Confrontos:
As equipes definidas no chaveamento duelarão em eliminatória simples, onde o vencedor passará a fase seguinte da disputa;

Os vencedores da 1ª fase duelarão para definir o 1ª e 2ª Colocação;
Os perdedores da 1ª fase duelarão para definir o 3ª e 4ª Colocação.

3. Pontuação:

1ª Colocação 10 pontos
2ª Colocação 08 pontos
3ª Colocação 06 pontos


4. O jogo:

Número de Jogadores:  2 equipes por faculdades ou escritório contábil. (4 jogadores). Total de Pedras: São 28 pedras possuem em cada uma de suas faces pontos que indicam valores numéricos que vão de 0 a 6. Início da partida: São divididas 7 pedras para cada jogador. 5. Começar: Na primeira partida o jogador com a maior pedra (6-6) começa o jogo, colocando-a na mesa. A partir da segunda partida o jogador vencedor começa.

6. Rodada: O jogo roda no sentido horário e cada jogador deve tentar encaixar uma de suas pedras nas extremidades do jogo na mesa, quando o jogador consegue encaixar uma pedra ele passa a vez, caso ele não consiga ele deve comprar do monte, se não houver pedras no monte ele passará a vez.

7. Fim de Jogo: O jogo acaba quando alguém bate (ficar sem pedras na mão) ou quando o jogo fica fechado, ou seja, quando não é mais possível baixar pedras.

8. Pontuação: Cada pedra é composta de dois números, um em cada ponta sendo que algumas tem o mesmo número em cada ponta, o valor de cada pedra corresponde a soma dos dois números, ou seja, [0+0]  vale 0 pontos, a pedra  [5+2] vale 7 pontos, a pedra [6+6]  vale 12 pontos e assim por diante.

9. Contagem: Por Pontos - Quando um jogador bate, ele recebe pontos equivalentes as pedras nas mãos dos adversários, caso o jogo seja fechado o jogador que possuir menos pontos é o vencedor, e ganha todos os pontos dos jogadores adversários, no caso de empate os jogadores que empataram ganham os pontos dos adversários. Por Batidas - Apenas uma batida simples ganha o jogo. Se o jogo for fechado o jogador que possuir menos pontos será o vencedor no caso de empate os jogadores que empataram dividem as fichas.

1. Sorteio:
- Os confrontos serão definido através de sorteio e relacionados no chaveamento da competição;
- A ordem de disputa será de acordo com a ordem de retira no sorteio.
- O início da partida será definida através de disputa em par/ímpar ou cara e coroa;

2. Confrontos:
- As equipes definidas no chaveamento duelarão em eliminatória simples, onde o vencedor passará a fase seguinte da disputa;
- Os vencedores da 1ª fase duelarão para definir o 1ª e 2ª Colocação;

3. Pontuação:

1ª Colocação 10 pontos
2ª Colocação 08 pontos
3ª Colocação 06 pontos


4. Partida Regras Básicas do Jogo de Futsal
- Time com 10 jogadores;
- O atleta quando expulso da partida não deverá ficar no banco de reservas e nem retornar a mesma. O seu time ficará 2 minutos com 4 jogadores ou até que sofra um   gol; então assim será permitido entrar um outro jogador para recompor a sua equipe;
- A bola estará fora de jogo quando sair completamente quer pelo solo ou pelo alto das linhas laterais ou de fundo;
- Quando o atleta da mesma equipe ao cobrar uma falta atrasa a bola para o goleiro e ela entra diretamente no gol, o tento não será válido e deverá ser marcado um       arremesso de canto a favor da equipe adversária; Na hora do pênalti o goleiro deverá ficar sobre a linha do gol, podendo movimentar-se exclusivamente sobre ela;
  No lateral ou no escanteio se um atleta do futsal arremessar a bola contra a sua própria meta e a bola penetrar na mesma, tocando ou não no goleiro, o tento não será   válido;
- No lateral se um atleta arremessar a bola contra a meta adversária e a bola penetrar na mesma, tocando ou não no goleiro, o tento não será válido;
- No escanteio se um atleta arremessar a bola contra a meta adversária e a bola penetrar na mesma, tocando ou não no goleiro o tento será válido; No arremesso           lateral é suficiente que a bola esteja apoiada no solo colocada sobre ou junto a linha demarcatória da lateral, do lado de fora da quadra de jogo, podendo mover-se       levemente.

Se o goleiro do futsal demora mais que 4 segundos para executar o arremesso de meta , um tiro livre indireto (dois lances), será concedido em favor da equipe adversária, colocando-se a bola sobre a linha da área de meta e no ponto mais próximo onde ocorreu a infração. O tempo de duração do jogo de futsal em partidas oficiais e na categoria adulto, é de 2 tempos de 10 minutos, sendo estes cronometrados, ou seja, quando a bola sai o tempo é parado e ao voltar em jogo o cronômetro é acionado novamente. As substituições no futsal podem ser feitas a qualquer momento na zona de substituição e qualquer jogador que foi substituído pode voltar ao jogo a qualquer momento.

5. Fundamentos do Futsal
DOMÍNIO: Domínio é a habilidade de recepcionar a bola com as diversas partes do corpo;

CONDUÇÃO: A condução é quando se leva a bola pela quadra de jogo. Deve-se conduzir a bola sempre próxima ao corpo. Pode ser em linha reta ou com mudanças de direção e com diferentes partes do pé.

CHUTE: O chute é o ato de bater na bola com maior força podendo ser em direção ao gol do adversário(ofensivo) ou afastando a bola de seu próprio gol(defensivo). Os chutes podem ser rasteiros, meia-altura e altos, podendo ser com o dorso ou de peito de pé, de bate-pronto ou semi-voleio, de voleio ou sem-pulo, de bico e por cobertura.

CABECEIO: A exemplo do chute, o cabeceio pode ser ofensivo e defensivo.

PASSE: O passe é um dos mais importantes fundamentos do futsal. Em geral passa-se a bola com os pés, mas também pode sair um passe com a cabeça, com o peito, a coxa, o ombro. 
O passe é classificado quanto à distância, à trajetória (altura), à execução (parte do corpo), ao espaço de jogo (quadra) e à habilidade.
- Distância: Curto - até 4 metros; Médio - 4 a 10 metros; Longo - acima de 10 metros.
- Trajetória: Rasteiro, meia altura, parabólico.
- Execução: Interna, externa, anterior (bico), solado, dorso.

DRIBLE: O drible é o ato de passar com a bola por um adversário.

FINTA: Finta, ao contrário do drible, é realizada sem bola. Outros nomes, dependendo da região do país, são sinônimos de finta: desmarcação, balanço, gato, vai e vem, pique falso.

REGULAMENTO GERAL

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
A Gincana Cultural é uma iniciativa do Comissão Jovens Lideranças Contábeis com apoio do Conselho Regional de Contabilidade CRC –AM, Comissão da Mulher Contabilista, Comissão Parlamentar e do Programa de Voluntariado da Classe Contábil. Essa gincana é composta por uma atividades fixas e atividades surpresas que serão entregues aos líderes de cada turma da gincana e com prazos pré-estabelecidos pela comissão organizadora para o cumprimento da mesma.

Este Regulamento dispõe sobre a organização da Gincana Cultural da 2ª Olimpíada Luca Pacioli realizado pela Comissão Jovens Lideranças Contábeis que acontece no dia 22 de outubro de 2017, a partir das 9h, na Fundação Vila Olímpica Danilo de Mattos Areosa localizada na Av. Pedro Teixeira nº 400 – Dom Pedro CEP: 69040-000 – Manaus – Amazonas. Sendo publicado no site do Conselho de Contabilidade www.crcam.org.br.

Todas as pessoas que participarem de qualquer forma do evento estarão sujeitas às condições deste Regulamento. Não serão aceitas alegações de desconhecimento deste documento, já que será dada a necessária e suficiente publicidade do mesmo, com o apoio imperioso das equipes.

2. O OBJETIVO
2.1 OBJETIVO GERAL
2.1.1 Consolidar, estimular e promover aos participantes uma atividade lúdica e sadia que vise à solidariedade ao próximo e trabalho em equipe. Realizando através de atividades que visem o despertar da capacidade cognitiva de cada participante visando aprofundar seu conhecimento técnico acadêmico e dinamismo. Arrecadar brinquedos que serão doadas ao Lar da Dona Val. Localizado na av. Laguna nº 26 Lírio do Vale ao lado do posto ATEM.

3. DA COMISSÃO ORGANIZADORA
3.1 Compõem a Comissão Organizadora:
Jessica Chaves da Silva
Joyce Cleide Pereira Monteiro
Lucas Matheus Martins dos Santos
Mesac Rocha de Mendonça Junior
Vagner Wenderson de Oliveira Alves
Waleria Marques Pereira

A comissão organizadora estará identificada por crachás, durante todo o evento. OBS: Somente os líderes das equipes terão acesso à Comissão Organizadora, para dirimir dúvidas, quando da realização de tarefas simultâneas de todas as equipes

4. DAS INSCRIÇÕES:
Os acadêmicos de Ciências Contábeis de todas as Faculdade do município de Manaus estão convidados em participar. Para oficializar a sua participação basta preencher a ficha de inscrição no site www.crcam.net.br da sua equipe e da candidata Garota LUCA PACIOLI. Que vão está disponível de 12/04/2016 a 30/04/2016

Na ficha todos os dados devem estar corretamente preenchidos:
Instituição de Ensino,
Coordenador do Curso,
Nome da equipe,
Nome do líder e Vice-líder da equipe,
Nome da pessoa que ficará responsável pela limpeza, ornamentação e objetos in loco,
Nome, data de nascimento, número de matricula e período da candidata Garota LUCA PACIOLI.
Nome dos integrantes da equipe.

5. DAS OBRIGAÇÕES DAS EQUIPES
5.1 A equipe será composta com 10 participantes incluindo a garota.
5.2 Preparar-se e empenhar-se na execução das tarefas de maneira a destacar.
5.3 Estar ciente de que só será permitida a entrada no local de execução mediante comprovação da devida inscrição.
5.4 Os participantes das equipes deverão estar, durante as etapas da gincana 5 minutos antes do início das provas.
5.5 A equipe deverá indicar algum membro para observar os pertences possivelmente esquecidos no local das tarefas. A Comissão não se responsabilizará por objetos esquecidos, deixados ou perdidos no Vila ocorrerá a gincana.
5.6 A ornamentação do local é devida a equipe.
5.7 Serão exigidas honestidade, lealdade e firmeza dos membros da equipe. O respeito entre os componentes será de suma importância. Brigas ou discussões que perturbem a ordem e a segurança dos membros das equipes ou de alunos e seus familiares, ou que comprometam o bom nome da Comissão Jovem Liderança Contábil ou do Conselho Regional de Contabilidade, resultarão na suspensão e/ou eliminação da equipe.
5.8 Aos participantes ou não está vedada ingerir ou portar bebidas alcoólicas nas dependências do evento sob pena de eliminação do participante.
5.9 Será vedada a participação de profissionais. Penalidade: perda total de pontos da referida tarefa.

6. DAS PENALIDADES ADICIONAIS
6.1 As equipes poderão perder pontos no caso de:
Se atrasar o início das provas 2 (dois) minutos do tempo previsto para o cumprimento da tarefa perda de 10 pontos.
Brigar, discussões (suspensão e/ou eliminação da equipe)
Palavras de baixo escalão perda de 50 pontos.
 
7. TAREFAS
7.1 As tarefas abrangem Quatro Etapas: Brincadeiras, Perguntas, Convidados e Garota LUCA PACIOLI 2016.

TAREFAS DESCRIÇÃO  PONTUAÇÃO
Maior número de convidados  A faculdade que trouxer convidados serão somados pontos extra por cada convidado.  2 pontos por convidados
 30 Perguntas A equipe terá 5 participantes pra responde perguntas com temas do setor de departamento pessoal, fiscal, contábil, contabilidade gerencial e contabilidade tributaria. 10 pontos pra cada resposta certa
Brincadeira com canudo  A equipe terá 5 participantes nesta prova, todos com as mãos pra traz vão passar um anel de um canudo pra o outro  30 pontos
 Corrida de saco Terá 2 participantes  30 pontos
 Estoura o Balão Terá 2 participantes, um participante vai encher o balão e corre pra abraçar o companheiro estourando o balão da barriga.  30 pontos
Garota LUCA PACIOLI 2017 A representante vai desfilar mostrando toda sua simpatia, carisma e beleza. A representante que arrecadar maior números de brinquedos ganhar ponto extra. Notas dos jurados de 7 a 10 pontos 200 pontos

7.2 – Todas as tarefas serão executadas na quadra da Vila Olímpica com exceção da arrecadação de brinquedos. Devendo ser entregue aos coordenadores as 9:30h do dia 29/05/2016. 

7.3- Da data e local de Cumprimento das tarefas. Será executada no dia 29 de Maio de 2016 na Fundação Vila Olímpica Danilo de Mattos Areosa localizada na Av. Pedro Teixeira nº 400 – Dom Pedro CEP: 69040-000 – Manaus – Amazonas. As faculdades terão o espaço liberado para a montagem de suas estruturas de estante e decoração. A partir das 9h será iniciada a gincana, a qual terminará impreterivelmente às 12h.
7.4 – Lê Anexo I, destinasse a candidata Garota LUCA PACIOLI 2017.

8. DA PONTUAÇÃO
A contagem dos pontos será feita de duas maneiras:
8.1. Para as tarefas que dependem apenas do cumprimento tais com as brincadeiras, números de convidados e os acertos das respondas, a pontuação será automaticamente computada pela Mesa Juradora (Escrutinadora), com o aval do Presidente do Júri, que observará o cumprimento ou não da mesma.
8.2. Para a candidata GAROTA LUCA PACIOLI, os jurados deverão levar em consideração a beleza, carisma, charme e desenvoltura da candidata e atribuirá notas de 7 a 10. A represente com mais brinquedos somará 200 pontos automaticamente.

9. DO JÚRI (MESA ESCRUTINADORA E JULGADORA)
9.1. O corpo de jurados é constituído por 6 (seis) membros NÃO possuem vínculo com nenhuma instituição de ensino participantes.
9.2. Compete ao Júri, atribuir e tabular os pontos referente a cada prova e apresentar o resultado final.
9.3. As decisões do Júri são irrecorríveis.

10. DA ATRIBUIÇÃO DE NOTAS, APURAÇÃO E PROCLAMAÇÃO DOS RESULTADOS.
10.1 A apuração dos resultados será feita no mesmo dia e local da realização da Gincana, pela Junta Escrutinadora;
10.2 A proclamação do resultado final da I Gincana será anunciada pelo Coordenador da Comissão Jovens Liderança Contábil.

11.DA PREMIAÇÃO DAS EQUIPES As Equipes vencedoras serão aquelas que somarem o maior números de pontos, respectivamente em 1º, 2º e 3º lugares receberam troféus. De acordo com o números de inscrições de equipe.

ANEXO I

REGULAMENTO GAROTA LUCA PACIOLI 2017

Este regulamento contém as regras que devem ser observadas pelas candidatas interessadas em concorrer ao título GAROTA LUCA PACIOLI 2017, as quais devem ser lidos e aceitos pelas candidatas antes do ato da inscrição para participação no concurso. Para participar a GAROTA LUCA PACIOLI 2017, a candidata deverá preencher os seguintes pré-requisitos:
1. Ter no mínimo 18 anos até a data do desfile;
2. Ter no mínimo, 1,65cm (um metro e sessenta e cinco centímetros) de altura.
3. Ser acadêmica do curso de graduação de Ciência Contábil e está devidamente matriculada.
Adicionalmente, a candidata deve ter ciência de que poderá participar apenas uma representante por instituição de ensino.
A inscrição da candidata será anulada, em qualquer momento, caso seja descoberto que a mesma não é aluna da instituição de ensino e não cursa Ciência Contábil.

VOTAÇÃO:
Será feita pela mesa julgadora composta de 6 júris. Que taram notas entre 7 a 10 ao desfile;
A candidata com maior número de brinquedos somará mais 200 pontos.

EXIGÊNCIA DO TRAJE PARA O DESFILE:
A candidata deve ser apresentar com dois trajes:
1. Desfile com calça jeans e camisa do time da faculdade, sandália (aberta) de salto alto e fino
2. Desfile de vestido médio (em cima do joelho) cor da sua escolha, com sandália (aberta) de salto alto e fino.

PS: Penteados, Maquiagem e Acessórios (a critério da Candidata)

PREMIAÇÃO A VENCEDORA:
_ Coroa;
_ Faixa da Garota Lucas Paciolli 2016;
_ Buquê de Rosas;
_ Prêmio Surpresa.

1. Sorteio:
• Os confrontos serão definido através de sorteio e relacionados no chaveamento da competição;
• A ordem de disputa será de acordo com a ordem de retira no sorteio.

2. Confrontos:
• As equipes definidas no chaveamento duelarão em eliminatória simples, onde o vencedor passará a fase seguinte da disputa;
• Os vencedores da 1ª fase duelarão para definir o 1ª e 2ª Colocação;

3. Pontuação:

1ª Colocação 10 Pontos
2ª Colocação  8 Pontos
3ª Colocação 6 Pontos

4. Partida:
• O material utilizado é uma bola de vôlei ou de borracha, de tamanho médio. O local é um terreno plano, de forma retangular, demarcado por linhas que deve ter mais ou menos 16 m de comprimento por 8 m de largura, sendo dividido em dois campos iguais, por uma linha reta e bem visível traçada no solo. O tamanho do terreno pode variar conforme o número de jogadores.
• O time terá 10 jogadores. As qualidades desenvolvidas são movimento, destreza, domínio e cooperação.
• O objetivo do jogo é fazer o maior número possível de prisioneiros em cada campo.
• O grupo vencedor será aquele que fizer o maior número de prisioneiros dentro de um tempo pré-estabelecido, ou então, aquele que aprisionar todos os jogadores adversários.
• Cada time fica situado em um campo e um dos jogadores de cada lado deverá ser colocado atrás da linha de fundo do campo adversário.
• A partida do jogo é iniciada com o apito do instrutor, assim um jogador do partido a quem coube a bola arremessa-a ao campo adversário com o objetivo de atingir, “queimar”, algum jogador adversário.

1. Sorteio:
• Os confrontos serão definido através de sorteio e relacionados no chaveamento da competição;
• A ordem de disputa será de acordo com a ordem de retira no sorteio.

2. Confrontos:
• As equipes definidas no chaveamento duelarão em eliminatória simples, onde o vencedor passará a fase seguinte da disputa;
• Os vencedores da 1ª fase duelarão para definir o 1ª e 2ª Colocação;

3. Pontuação:

1ª Colocação 10 Pontos
2ª Colocação  8 Pontos
3ª Colocação 6 Pontos

4. Regra:
• Uma partida de vôlei tem, normalmente, 3 sets, sem tempo definido;
• Cada set é terminado quando uma equipe alcança os 25 pontos, tendo 2 pontos de vantagem sobre a equipe adversária. Caso não tenha, o set prossegue até que uma equipe conquiste tal vantagem
• Cada time é composto por 6 jogadores em quadra e 4 jogadores reserva As jogadas serão alternadas até o fim do jogo;
• Após o saque, cada time só poderá tocar a bola três vezes, sendo proibido que um jogador toque a bola duas vezes seguidas As peças comum só podem ser movimentadas para a frente, uma casa livre na próxima linha, diagonal à sua casa atual;
• A equipe vencedora é aquela que ganhar o maior número de sets As damas podem ser movimentar em diagonal para frente e para trás para qualquer casa livre, desde que o caminho esteja livre;

5. Captura: Os movimentos do vôlei
• Saque: É o movimento que dá início à partida. Para fazê-lo, um jogador deve se posicionar atrás da linha de fundo de seu campo e deve fazê-la atravessar a rede. Caso os jogadores não consigam receber a bola e ela toque o chão, é marcado ponto e a equipe que sacou no primeiro momento tem o direito de saque novamente.
• Passe: É o movimento comum de recepção da bola. Pode ser feito em qualquer lugar do campo. Uma das principais formas de passe é a manchete. Nela, o jogador une as mãos e aplica uma pequena força quando a bola chega até ele. O objetivo principal desse fundamento é, além de evitar que a bola toque o chão, entregar a bola em boas condições para o levantador.
• Levantamento: É normalmente o segundo contato que um time tem com a bola. Após ser recebida com um passe, um jogador a entrega para outro, sendo esse denominado, naquele comento, levantador. Com as pontas dos dedos, ele empurra a bola para cima. O objetivo principal desse fundamento é manter a bola em uma altura suficiente para que o atacante mande-a para o campo adversário com chances de marcar um ponto.
• Ataque: É o último contato do time com a bola antes de mandá-la para o campo adversário. Para fazê-lo, é recomendável que o jogar esteja o mais próximo possível da rede, dê um salto e projete seu corpo para frente, para que seu peso possa ser “transferido” para a bola. O objetivo desse fundamento é mandar a bola para o campo adversário em uma tentativa de que ela não consiga ser recebida pelo outro time e toque o chão.
• Bloqueio: É uma possível forma de defesa, assim como o passe, após um ataque. Nela, um ou mais jogadores saltam ao mesmo tempo que o atacante do time adversário e tentam com as palmas das mãos rebater a bola para que ela volte ao campo adversário.

1. Sorteio:
• Os confrontos serão definido através de sorteio e relacionados no chaveamento da competição;
• A ordem de disputa será de acordo com a ordem de retira no sorteio.
PS: 2 jogadores por faculdades ou escritórios.

2. Confrontos:
• As equipes definidas no chaveamento duelarão em eliminatória simples, onde o vencedor passará a fase seguinte da disputa;
• Os vencedores da 1ª fase duelarão para definir o 1ª e 2ª Colocação;
• Os vencedores da 1ª fase duelarão para definir o 3ª e 4ª Colocação;

3. Pontuação:

1ª Colocação 10 Pontos
2ª Colocação  8 Pontos
3ª Colocação 6 Pontos

4. Regra:
ACESSE O ARQUIVO PDF COM AS REGRAS DO XADREZ